A minha vida tem sido uma tela – Tânia Raquel

A minha vida tem sido uma tela…
As pinceladas, azul, vermelho, amarelo, arco-Irís que se transformam uma orbita de 180 graus… Existe uma força dentro de mim, que me invade o meu maior medo, que é algo intrinseco…
Sou uma aquariana sensível, as minhas lágrimas invadem o meu rosto com o pincel como sorrio plenamente… Sou como o pincel que percorre dentro da tela, nas suas formas descobrir uma cada etapa que transmite o meu sentimento por amor, vida… que existe algo dentro de mim, que me provoca a tristeza tão amarga… mas estou aqui graças àquelas pessoas que me ajudaram sobreviver o passado, o presente, e agora futuro! Percorri na tela… encontrando uma solução… o sapo… o meu sapo… onde estás?Existes? Se existes… deixa uma forma para eu aperceber e acabar com a tristeza… e a solidão?! Uma pincelada, uma declaração de amor por mim… Segredos… descobre as minhas pinceladas e verás a forma como demonstrarei…. Demonstrarei uma cor azul… como o mar que nos chama para uma sombra unida… Um mar une a sombra sob os teus raios deslumbrantes… essa sombra acaba por fugir… quando o sol entardecer… Houve momentos que senti um alvoroco, sim me apetecia gritar…. e afligi, angustiada, por fim esgotei…
Hoje sinto como a lua cheia, sentir o crepusculo… Cultivo a terra… Sou o cúmplice da lua cheia, das sombras, oscilando as curvas como curto-circuito! Resistente como o pavimento, repentino uma sombra invade o mar, uma dadiva repleta, reproduzi o amor perpetuo pingar o toque de pincel!

Tânia Raquel


About this entry