Hoje desejo

Eu desejo.
Há muito tempo que só consigo desejar.
Não alguém, não um rosto.
Apenas desejo a sensação de estar com alguém.
Sentir a calma percorrendo as minhas costas
e arrepiando os meus mamilos.
Aquele suspiro profundo, de quem vai mergulhar
e se prepara para não mais voltar à superfície.
O olhar que apalpa o meu rosto.
O calor que aumenta,
a luz que diminui para não machucar a pele.
A ausência de qualquer som que não seja a respiração.
As ondas que vêm e vão,
as asperezas, a maciez, os gostos e sabores.
Inspirar depois o ar frio
e sentir a alma voltar ao seu lugar.
Mas, antes do desejo,
sinto falta de fazer e dar amor
a quem mereça.

Desconheço o autor


About this entry